Aids 2016: Queen Latifah se junta a manifestantes na luta contra a aids, em Durban

Aids 2016: Queen Latifah se junta a manifestantes na luta contra a aids, em Durban

18/07/2016 – 15h50

A cantora e atriz americana Queen Latifah (de chápeu no centro da foto) participou de um protesto que aconteceu neste sábado (17), em Durban, na África do Sul, em que  avós que criam seus netos, todos órfãs em decorrência da aids foram as ruas.

Segurando cartazes que diziam “Eu me importo, e você?”, cerca de mil avós andaram em uma procissão colorida para alertar sobre a situação da aids no país, já que a cidade costeira sedia a 21ª Conferência Internacional de Aids esta semana.

“A vida é muito difícil para nós, avós”, disse Thandiswa Ndovela, de 63 anos de idade, da região de Eastern Cape, que perdeu duas filhas para aids e agora está cuidando de oito netos.

“Eu tenho que cuidar de todas essas crianças e ninguém está me ajudando. Eu senti uma forte necessidade de vir aqui e compartilhar a minha situação com outras mulheres idosas como eu e de toda a África do Sul”.

Uma segunda caminhada também aconteceu no final do dia, intitulada “Mantenha Suas Promessas”, desta vez trazendo muitos jovens às ruas de Durban. Eles se juntaram a Queen Latifah e o ministro da Saúde sul-africano, Aaron Motsoaledi.

Segundo o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), a África do Sul tem sido devastada pela aids, deixando cerca de 2 milhões de crianças órfãs em decorrência da doença.

A Agência de Notícias da Aids cobre a 21ª Conferência Internacional de Aids, em Durban (África do Sul), com apoio do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, da DKT do Brasil e da Jansen Farmacêutica.

Tradução: Mauricio Barreira, da Agência de Notícias da Aids  http://agenciaaids.com.br/

Fonte: France Presse

Foto: Rajesh Jantilal / AFP / Getty Images

Autor:

O Grupo Assistencial SOS VIDA nasceu legalmente em 28 de março de 1998 com o proposito de oferecer apoio e assistência a portadores do vírus HIV/AIDS. Após um ano, Padre Quinha pediu ao fundador que começasse a trabalhar também com Dependência Química. Passados dezesseis anos os atendimentos vão além destas duas patologias, a busca por diversos motivos fez com que a instituição abrisse o leque de atuação – Ir de Encontro com a Necessidade de Quem Nos Procura – que, em sua grande maioria, são pessoas de baixa renda. Os assistidos contam ainda, além dos atendimentos na sede da instituição, com o amparo de profissionais de saúde que atendem gratuitamente em seus consultórios e clínicas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s