Aids 2016: Charlize Theron acredita que ‘jovens são os únicos capazes’ de erradicar aids

Aids 2016: Charlize Theron acredita que ‘jovens são os únicos capazes’ de erradicar aids

“Se nós vamos acabar com a aids, devemos curar a doença em nossos corações e mentes primeiro. E eu acredito que os jovens são os únicos capazes de fazer isso. Os jovens sempre têm sido os condutores da mudança social. Esta é a geração que está quebrando tabus e redefinindo velhas noções de gênero, sexualidade e justiça racial”, disse a atriz Charlize Theron, na abertura da 21ª Conferência Internacional de Aids, em Durban, na África do Sul

Em seu discurso, Theron revelou aos presentes que há algo “terrivelmente errado”, uma vez que, apesar de termos “todas as ferramentas” para evitar a propagação do HIV, milhões de pessoas ainda são diagnosticados com o vírus todos os anos.

Para Theron, que é Mensageira da Paz da ONU, isso ocorre devido à desigualdade na sociedade. “A verdadeira razão pela qual não vencemos a epidemia se resume a um único fato: nós valorizamos algumas vidas mais do que outras. Valorizamos mais os homens do que as mulheres. O amor heterossexual mais do que o amor gay. A pele branca mais do que a pele negra. Os ricos mais do que os pobres. Os adultos mais do que adolescentes”, disse.

E completou: “Eu sei disso, porque a aids não discrimina por conta própria. Ela não tem preferência biológica por corpos negros, corpos das mulheres, corpos homossexuais, jovens ou pobres. Ela não escolhe os mais vulneráveis, os oprimidos, ou os abusados”.

A atriz falou sobre a GenEndIt, uma iniciativa da fundação “Charlize Theron Africa Outreach Project”, que apela à geração mais jovem para ajudar a mudar a injustiça social, quando se trata de aids, homofobia, racismo, o ciclo de pobreza e outras questões.

Charlize terminou seu discurso revelando seu sonho de acabar com a epidemia até 2030. Ela afirmou: “Desde a primeira Conferência Internacional da Aids em 1985, estamos contando todo o caminho até a 21ª. Agora é hora de começar a contagem regressiva. Temos a meta de acabar com a epidemia de aids até 2030”.

http://agenciaaids.com.br/

Fonte : O Estado de S. Paulo

Autor:

O Grupo Assistencial SOS VIDA nasceu legalmente em 28 de março de 1998 com o proposito de oferecer apoio e assistência a portadores do vírus HIV/AIDS. Após um ano, Padre Quinha pediu ao fundador que começasse a trabalhar também com Dependência Química. Passados dezesseis anos os atendimentos vão além destas duas patologias, a busca por diversos motivos fez com que a instituição abrisse o leque de atuação – Ir de Encontro com a Necessidade de Quem Nos Procura – que, em sua grande maioria, são pessoas de baixa renda. Os assistidos contam ainda, além dos atendimentos na sede da instituição, com o amparo de profissionais de saúde que atendem gratuitamente em seus consultórios e clínicas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s