Eleições 2014: O que os dois candidatos a presidente dizem sobre saúde e aids

Eleições 2014: O que os dois candidatos a presidente dizem sobre saúde e aids

Neste domingo (26), 142,8 milhões de brasileiros, no Brasil e no exterior, vão às urnas, para eleger o novo presidente e o vice-presidente da República. Dilma Rousseff (PT) enfrenta Aécio Neves (PSDB), no segundo turno das eleições 2014.

No primeiro turno, com 100% das urnas apuradas, Dilma ficou com 41,59% dos votos válidos e Aécio Neves com 33,55%. A candidata do PT foi a mais votada no Piauí, com 70,61%. No Maranhão teve 69,56% e no Ceará, 68,3%. Aécio foi mais votado em Santa Catarina: levou 52,89%. No Paraná, 49,79%. Depois Rondônia, com 44,91% dos votos válidos.

Durante a campanha, os dois candidatos tiveram de se debruçar sobre o tema da saúde, considerada a área de maior preocupação do país. Na verdade, os programas de ambos mais descrevem as políticas públicas e enumeram feitos de seus partidos do que listam propostas concretas. Os dois fazem a defesa do Sistema Único de Saúde (SUS).

“O SUS é, hoje, a maior rede de saúde pública do mundo e tem cumprido um importante papel na universalização do acesso. Reafirmamos nosso compromisso com seu contínuo fortalecimento e aprimoramento”, destaca o programa de Dilma Rouseff, que você lê na íntegra aqui.

A atual presidenta propõe para o segundo mandato a expansão do Programa Mais Médicos, a ampliação da rede de Unidades de Pronto atendimento (UPAs) destinadas a serviços de emergências de baixa e média gravidades, a extensão das redes de atendimento especializado, com a qualificação dos serviços hospitalares, o fortalecimento e a universalização do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a ampliação do acesso da população a medicamentos.

Na política da aids, Dilma sancionou, em junho deste ano, o projeto de lei aprovado pelo Congresso Nacional que torna crime a discriminação contra portadores do vírus HIV e doentes da aids. A lei prevê prisão de um a quatro anos para autores de atos de preconceito contra os soropositivos, inclusive de empregadores

Já o programa de governo na área da Saúde do candidato Aécio Neves tem como principal mote o fortalecimento do SUS, com mudanças no modelo de atenção à saúde, eficácia no financiamento e na gestão, além de apoiar a proposta de investir 10% da receita corrente bruta da União em saúde. (Veja aqui)

“A melhoria do sistema de saúde no país passa pelo enfrentamento de três pontos-chave: a) a garantia de financiamento adequado; b) a ampliação significativa da qualidade da gestão do sistema e dos serviços de saúde; c) a estruturação do modelo de atenção baseado na organização de redes assistenciais integradas”, consta de compromisso assumido no programa de governo de Aécio.

O plano de Aécio inclui a aids no item 21 de sua proposta, da seguinte maneira: “Retomada da prioridade necessária para a manutenção do Programa HIV/Aids, com a qualidade que o tornou mundialmente reconhecido”. E estabelece ainda a criação do programa Remédio em Casa para entrega domiciliar a pacientes com doenças crônicas como hipertensão, diabetes, HIV, cardiopatias.

Redação da Agência de Notícias da Aids

Autor:

O Grupo Assistencial SOS VIDA nasceu legalmente em 28 de março de 1998 com o proposito de oferecer apoio e assistência a portadores do vírus HIV/AIDS. Após um ano, Padre Quinha pediu ao fundador que começasse a trabalhar também com Dependência Química. Passados dezesseis anos os atendimentos vão além destas duas patologias, a busca por diversos motivos fez com que a instituição abrisse o leque de atuação – Ir de Encontro com a Necessidade de Quem Nos Procura – que, em sua grande maioria, são pessoas de baixa renda. Os assistidos contam ainda, além dos atendimentos na sede da instituição, com o amparo de profissionais de saúde que atendem gratuitamente em seus consultórios e clínicas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s