Beatriz Grinsztejn, pesquisadora do instituto IPEC/FIOCRUZ

AIDS 2014 BEATRIZ FIOCRUZ

Beatriz Grinsztejn, pesquisadora do instituto IPEC/FIOCRUZ em sua conferencia falou sobre a importância de se intensificar e somar esforços para compreender e trabalhar com estratégias que reduzam a prevalência em populações chave como transgêneros e HSH, dois recortes que carecem de políticas de atenção a saúde e prevenção.

Importante a fala dela principalmente depois dos dados divulgados pela ONU e a recomendação da OMS recomendando o tratamento como prevenção a essa população.

 

Informação : Diego Callisto, de Melbourne, Austrália

BANDEIRA BRASIL Mapa_do_Brasil_com_a_Bandeira_Nacional

aids 2014

Autor:

O Grupo Assistencial SOS VIDA nasceu legalmente em 28 de março de 1998 com o proposito de oferecer apoio e assistência a portadores do vírus HIV/AIDS. Após um ano, Padre Quinha pediu ao fundador que começasse a trabalhar também com Dependência Química. Passados dezesseis anos os atendimentos vão além destas duas patologias, a busca por diversos motivos fez com que a instituição abrisse o leque de atuação – Ir de Encontro com a Necessidade de Quem Nos Procura – que, em sua grande maioria, são pessoas de baixa renda. Os assistidos contam ainda, além dos atendimentos na sede da instituição, com o amparo de profissionais de saúde que atendem gratuitamente em seus consultórios e clínicas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s