DIA ESTADUAL DO DIAGNOSTICO PRECOCE PARA O HIV EM PETRÓPOLIS – 07 / 04 / 2014

DIA ESTADUAL DO DIAGNOSTICO PRECOCE PARA O HIV

http://diariodepetropolis.com.br/integra.aspx?e=16805&c=00011

Diocese apoia campanha para exame precoce para o vírus HIV/Aids

No dia mundial da Saúde e Dia Estadual do Diagnóstico precoce para o HIV, o bispo da Diocese de Petrópolis, Dom Gregório Paixão participou do lançamento da campanha que começou nesta segunda-feira, dia 7, e termina domingo, dia 13 de abril. A campanha em Petrópolis é uma parceria da Igreja Católica, por meio da Pastoral da Aids, juntamente com o SOS Vida e o Programa Municipal de DST/Aids da Secretaria Municipal de Saúde.

O lançamento aconteceu na Praça da Inconfidência, tendo como referência a Igreja Nossa Senhora do Rosário, e teve a presença do secretário municipal de Saúde, André Pombo, do vereador Pastor Sebastião, da coordenadora diocesana da Pastoral da Aids, Maria Auxiliadora, da coordenadora do Programa DST/Aids, Maria Inês e do coordenador do SOS Vida, Antonio Carlos.

Dom Gregório Paixão lembrou a palavra de Jesus, quando ele afirma que “A verdade vos libertará”, frisando que o ser humano precisa buscar e chegar a verdade e com relação a Aids, uma das formas é o exame preventivo para saber se está ou não com o vírus HIV. “Temos muitas pessoas portadoras do vírus e temos que colaborar para acabar com este mal. A pessoa que tem o vírus e não se cuida vai morrer e vai matar outras pessoas. A igreja tem que está mobilizada para quebrar o preconceito e estar presente neste momento fundamental, pois milhares de pessoas por não fazer o exame precoce acabam morrendo”, frisou o bispo.

Ele lembrou que os cristãos tem uma postura devido a escolha que fizeram por causa de Jesus, afirmando que o governo trabalha de um jeito e a Igreja, por meio da Pastoral da Aids de outro. “Mas, unidos vamos salvar milhares de pessoas com as ações da Pastoral e com as ações do governo”.

A coordenadora diocesana da Pastoral da Aids, Maria Auxiliadora manifestou sua alegria pelo trabalho realizado em parceria com o Programa Municipal de DST/Aids e com o SOS Vida, numa ação que segundo ela, dará visibilidade as ações da Pastoral. “Com este trabalho a Pastoral ganha visibilidade, principalmente na ação solidária e de prevenção. É importante que as pessoas saibam que a Igreja tem uma pastoral que cuida dos portadores de HIV, visita os portadores nos hospitais, em casa e da apoio a família”.

A campanha que teve inicio na segunda-feira, dia 7, e vai seguir durante toda a semana e estará nas seguintes paróquias: terça-feira, Paróquia do Sagrado Coração de Jesus (Rua Montecaseros); quarta-feira, Paróquia Santo Antônio, Alto da serra; quinta-feira, Paróquia São Pedro, em Pedro do Rio; sexta-feira, Paróquia São João Batista, Posse; sábado, Paróquia São Sebastião, bairro São Sebastião; e domingo, Paróquia Nossa Senhora Aparecida, Quitandinha.

 

Autor:

O Grupo Assistencial SOS VIDA nasceu legalmente em 28 de março de 1998 com o proposito de oferecer apoio e assistência a portadores do vírus HIV/AIDS. Após um ano, Padre Quinha pediu ao fundador que começasse a trabalhar também com Dependência Química. Passados dezesseis anos os atendimentos vão além destas duas patologias, a busca por diversos motivos fez com que a instituição abrisse o leque de atuação – Ir de Encontro com a Necessidade de Quem Nos Procura – que, em sua grande maioria, são pessoas de baixa renda. Os assistidos contam ainda, além dos atendimentos na sede da instituição, com o amparo de profissionais de saúde que atendem gratuitamente em seus consultórios e clínicas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s