SOS Vida: repassado recurso federal para município, mas prefeitura ainda não repassou à instituição

Terça-feira, 30 de abril de 2013

SOS Vida: repassado recurso federal para município, mas prefeitura ainda não repassou à instituição

SAM_0299

SOS Vida ainda aguarda repasse de verba do poder público

A espera por recursos do poder público para manutenção dos atendimentos realizados pelo Grupo Assistencial SOS Vida pode estar perto do fim. Há aproximadamente sete meses a instituição não recebe a verba de R$ 2.193,00 por mês, totalizando R$ 15.351,00, mas o repasse já teria sido feito pelo Ministério da Saúde ao município, segundo anunciou o responsável técnico Antonio Carlos de Souza Pires, conhecido como Cal, durante o café da manhã foi oferecido pelo gabinete da prefeitura aos voluntários, assistidos, familiares e amigos da instituição na sede do SOS Vida na manhã de ontem, com a presença de representantes do governo municipal.

– Hoje (ontem) tínhamos que entregar 30 cestas básicas, mas não temos condições. No ano passado fizemos oito mil atendimentos. Estamos todo esse tempo sem ter o repasse. Agora recebemos a informação de que o governo federal já depositou na conta da prefeitura, e o prefeito já determinou o pagamento, mas ainda não recebemos – explicou Cal, lembrando que a instituição realiza cerca de 600 atendimentos mensalmente, como medicina especializada, atendimento psicoterápico, exame laboratorial, entrega de cestas básicas, alimentação na instituição, atendimento domiciliar e hospitalar, corte de cabelo e assessoria jurídica.

Monsenhor Paulo Daher, que acompanha os trabalhos do SOS VIDA desde o inicio dos trabalhos a 15 anos atrás, Fernanda Ferreira – representando o Gabinete do Prefeito, a primeira dama Luciene Bontempo,  Dora Pires representando a Pastoral da AIDS – CNBB / Diocese de Petrópolis, representante da Pastoral da Criança, outros amigos e voluntários estiveram no café da manhã.

– O pastor Elton, que é voluntário, falou da necessidade dos assistidos e de todos se envolverem. Aqui é um centro de convivência que precisa dos repasses para que os atendimentos possam continuar sendo realizados. Chegamos a pensar em mudar a missão da SOS Vida, que é o atendimento a portadores de HIV e dependentes químicos, porque não recebemos o apoio da Secretaria de Saúde, mas a primeira-dama (Luciane Bomtempo) conversou conosco e pediu para que não mudássemos – disse.

RESPOSTA DA INSTITUIÇÃO A IMPRENSA E SOCIEDADE

http://www.diariodepetropolis.com.br/integra.aspx?e=16462&c=00015

entramos em contato com a Secretaria de Saúde de Petrópolis para que nos informem quais são as nossas pendencias, pois se existem não é do nosso conhecimento…e nosso interesse em atualizar…lamentamos que esta situação continue com este órgão..se não existe interesse em manter o convenio que sejamos informados – NÃO DEVEM CRIAR EXPECTATIVAS, mas se devem por que não pagam ? do governo passado deixamos de receber por ap. 2 anos – CALOTE MESMO…sera que as dificuldades irão continuar ? não foram estas as promessas…e expectativas criadas em nós…este convenio foi determinado pelo atual prefeito Rubens Bomtempo no seu mandato anterior…e ele mesmo reconheceu BEM ABAIXO DOS SERVIÇOS PRESTADOS..

TOTAL DOS ATENDIMENTOS E SERVIÇOS EM 2012 :

https://grupososvida.wordpress.com/2013/01/16/total-atendimentos-2012/?preview=true&preview_id=6402&preview_nonce=26e10df752

Autor:

O Grupo Assistencial SOS VIDA nasceu legalmente em 28 de março de 1998 com o proposito de oferecer apoio e assistência a portadores do vírus HIV/AIDS. Após um ano, Padre Quinha pediu ao fundador que começasse a trabalhar também com Dependência Química. Passados dezesseis anos os atendimentos vão além destas duas patologias, a busca por diversos motivos fez com que a instituição abrisse o leque de atuação – Ir de Encontro com a Necessidade de Quem Nos Procura – que, em sua grande maioria, são pessoas de baixa renda. Os assistidos contam ainda, além dos atendimentos na sede da instituição, com o amparo de profissionais de saúde que atendem gratuitamente em seus consultórios e clínicas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s