HOMENAGEM AO PADRE QUINHA, de Sandro da Costa Rodrigues,

HOMENAGEM AO PADRE QUINHA, de Sandro da Costa Rodrigues,

Não tive a honra de conversar com vc sequer um dia de nossas vidas,

não tive a oportunidade de abraçá-lo, ouví-lo, conhecê-lo e sentí-lo próximo a mim…

no entanto, a distância te observei,

recordo-o em algumas madrugadas, conversando com os moradores de rua,

aqueles seres humanos solitários, em trajes sujos, cheirando a álcool, urina e fezes, e vc chegava de mansinho, calmo, com olhos mansos, brando e os convidava a se cuidarem em tuas oficinas de Jesus, em tuas instituições de afeto e caridade…

diálogo vinha e ia e uns e outros te acompanhavam…

eram nossos familiares, tios, amigos, irmãos, vizinhos, petropolitanos, nordestinos, engenheiros, pessoas, gente nossa com marcas na face e desânimo na alma!

Vi vc, caro Padre Quinha, os conduzindo sem alarde, com suavidade, e muitos,

vários mesmos voltaram a viver,

começaram a se respeitar e amar novamente, as famílias petropolitanas voltaram a acreditar neles e eles voltaram a produzir,

a sentirem-se gente que vive, anda, come, dorme, passeia, ama, chora e sorri…

Eu te vi, caro amigo, caminhando lentamente em direção ao próximo, vocacionado no amor de Jesus…

caro padre, vc me faz imaginar Frei Luiz…

vc é o nosso Frei Luiz, talvez não tão santo…

não tão despojado, mas humano, verdadeiramente normal e dedicado à causa divina, amando ao próximo, amando a si mesmo e a Deus sobre todas as coisas!

Como recebi a notícia de tua morte física, com muitas lágrimas, rolaram em minha face como se vc fosse meu grande irmão que se despedia precocemente… doeu!

Pensei: Jesus! Este homem faz mais que toda a nossa política pública, que todos os políticos petropolitanos e vai para o Além, tão cedo?!

Senhor, não questiono Teus Sábios desígnios…

mas quem, quais, quantos farão o tanto de amor pelos dependentes químicos de nossa cidade e país?

Padre Quinha, que o Senhor te abençoe, te ampare, te ilumine e tua recepção seja gloriosa, alegre, feliz, com muitas surpresas pela continuidade da VIDA em todo o seu esplendor espiritual! Jesus te banhe em Seu Amor Cósmico e Eterno!

Carinhos de teus irmãos da terra de Pedro! Muita paz e não deixe de estar conosco…

sempre! Namastê!

SANDRO

https://www.facebook.com/sandropetropolis

9ª SEMENTE FEVEREIRO 80 PADRE QUINHA AS PORTAS DO CEU SE ABREM LUTOPADRE QUINHA padre quinha (2)

Autor:

O Grupo Assistencial SOS VIDA nasceu legalmente em 28 de março de 1998 com o proposito de oferecer apoio e assistência a portadores do vírus HIV/AIDS. Após um ano, Padre Quinha pediu ao fundador que começasse a trabalhar também com Dependência Química. Passados dezesseis anos os atendimentos vão além destas duas patologias, a busca por diversos motivos fez com que a instituição abrisse o leque de atuação – Ir de Encontro com a Necessidade de Quem Nos Procura – que, em sua grande maioria, são pessoas de baixa renda. Os assistidos contam ainda, além dos atendimentos na sede da instituição, com o amparo de profissionais de saúde que atendem gratuitamente em seus consultórios e clínicas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s