Hospital Clínico de Corrêas cobra R$ 1 milhão da Prefeitura

Hospital Clínico de Corrêas cobra R$ 1 milhão da Prefeitura

SÁBADO, 29 DEZEMBRO 2012 09:33

Diretor disse que sem o pagamento da dívida, não tem como manter o funcionamento

O Hospital Clínico de Corrêas recusa, desde segunda-feira (24), internações em leitos de UTI pelo SUS.

Segundo o diretor administrativo da unidade de saúde, Alexandre Pessurno, o governo municipal, que contratou cinco dos 10 leitos de UTI do hospital em janeiro, não repassa os R$ 200 mil mensais previstos desde agosto, o que resultou em uma dívida que, agora, chega a R$ 1 milhão.

Pessurno informou que o governo municipal já entrou com o processo pedindo o credenciamento dos leitos no Ministério da Saúde mas antecipou que, sem o pagamento da dívida, não tem como manter o funcionamento do serviço.

Autor:

O Grupo Assistencial SOS VIDA nasceu legalmente em 28 de março de 1998 com o proposito de oferecer apoio e assistência a portadores do vírus HIV/AIDS. Após um ano, Padre Quinha pediu ao fundador que começasse a trabalhar também com Dependência Química. Passados dezesseis anos os atendimentos vão além destas duas patologias, a busca por diversos motivos fez com que a instituição abrisse o leque de atuação – Ir de Encontro com a Necessidade de Quem Nos Procura – que, em sua grande maioria, são pessoas de baixa renda. Os assistidos contam ainda, além dos atendimentos na sede da instituição, com o amparo de profissionais de saúde que atendem gratuitamente em seus consultórios e clínicas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s