PETRÓPOLIS EM FESTA e a SAUDE NA UTI…

CIDADE EM FESTA e a SAUDE NA UTI…
REFLEXÕES  DE UM ATENDIMENTO A SOLICITAÇÃO DE UMA FAMILLIA SÔBRE UM DOENTE INTERNADO NO HOSPITAL ALCIDES CARNEIRO – 
O QUE VIMOS E OUVIMOS :
Petrópolis esta em festa…
FESTA DO COLONO ALEMÃO…
Sim o momento é de festa, lembrarmos nossos colonizadores…claro que é justo e valido…importante para a cidade, turismo, entrada de recursos etc etc…uma cidade tem muito mais que festas…
Não podemos desistir….deixar o mal agir..exatamente isto que o mal quer…
ESPAÇO PARA DOMINAR…

JÁ PASSOU O TEMPO DO “PÃO E CIRCO”

Somente com saúde, trabalho, educação e cultura os brasileiros podem deixar de precisar de doações e assim, se desligar desse vínculo com o “pão e circo”, pois estes são os meios para reduzir a pobreza. Precisamos de governos que não se aproveitem das carências de seu povo para obter crescimento pessoal, e sim que deseje crescer em conjunto.( adaptado do texto de : Bruna Rocha Witt )

Uma cidade tem problemas…sim e não são poucos…difíceis de administrar…sim muito difícil…o que fazer ?
Desafios que só serão vencidos com o apoio da população…SOMAR FORÇAS…ATITUDES EM FAVOR DA VIDA… 
Aqui lembro que o Brasil so conseguiu o status de MELHOR PROGRAMA DE AIDS DO MUNDO…graças a PARCERIA…GOVERNO SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA…
O GOVERNO FEDERAL TEM CONSCIENCIA QUE SOZINHO NÃO CONSEGUE “DAR CONTA” DE MUITAS AÇÕES NESTE CAMPO…Foi pós era do HIV que a população DESCOBRIU SEU POTENCIAL em fazer CONTROLE SOCIAL…
O GOVERNO FEDERAL APOIOU…
ou continuaríamos a perder VIDAS E MAIS VIDAS…

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES…
FOMOS PRAS RUAS “DAR A CARA PARA BATER”…
POR QUE NÃO TER O MESMO COMPORTAMENTO EM OUTRAS QUESTÕES SOCIAIS ???
Nosso maior objetivo sempre foi DEFENDER A VIDA COMO BEM MAIOR…
ISTO APRENDEMOS COM O MOVIMENTO MUNDIAL DE LUTA CONTRA AIDS…

VOLTANDO PARA PETROPOLIS e nossa investida no Hospital Alcides Carneiro…

Qual o potencial da cidade, sua vocação ?
Sem duvida turística…
Neste aspecto tem-se procurado a muito tempo em acertar…e estão conseguido…
Cada vez mais pessoas colocam em seus roteiros conhecerem Petrópolis – CIDADE IMPERIAL…
muito nos orgulha o que ouvimos das pessoas em nossas viagens a admiração pela cidade que nos adotou e adotamos…sou natural de Astolfo Dutra – Minas Gerais – chegamos em Petrópolis em 1970…

QUAL É A REALIDADE ?

Cidade Imperial…dotada de belezas naturais…clima…população…paz…
BOM VIVER AQUI…sem duvidas…
Mas temos um somatório de problemas e dificuldades que não podemos deixar de citar alguns que temos visto e ouvido nos últimos tempos…
DISSE JESUS :
Quem tem olhos de ver, que Veja. E ouvidos de ouvir, que ouça ?
Ontem a noite ( DIA 29 / 06 ) uma pessoa me ligou solicitando ajuda para um familiar que esta internado no HOSPITAL ALCIDES CARNEIRO e prestes a ter um pé amputado se não forem tomadas providencias urgentes…
Chegando na cidade entramos em contato novamente com a filha deste senhor para ter maior clareza do que estava acontecendo…
como membro do Conselho de Saúde de Petrópolis, pedi ajuda a Dora Pires ( membro da Comissão de Saúde do COMSAUDE – que esta se licenciando por ser pré candidata em Petrópolis )….
Fomos ate o HAC – HOSPITAL ALCIDES CARNEIRO as 21:30, o que encontramos la…
UMA POPULAÇÃO DISTANTE DA FESTA DO COLONO ALEMÃO…
Sim vivendo a realidade da sua dor…
expectativa e esperança de alguma melhora…MAS ADOECIDA…SOFRIDA…DESAMPARADA…
Desde a equipe técnica – MEDICOS(AS), ENFERMEIROS, AUXILIARES DE ENFERMAGEM, RECEPCIONISTAS, SEGURANÇAS…etc etc etc até e… 
PRINCIPALMENTE OS INTERNOS EM BUSCA DE TRATAMENTO E POSSIBILIDADE DE MELHORA…
Ouvimos profissionais de medicina falando ate em ABANDONAR A MEDICINA, pois não suportam tanto DESCASO COM O OUTRO…SEU SEMELHANTE…e ter que suportar tanta dor,

 
“NÃO É POSSIVEL CONVIVER COM TUDO ISTO, UMA CIDADE COMO PETROPOLIS NÃO MERECE ISTO…” um dos comentários…
“É ASSIM MESMO…PRECISO ESPERAR POIS ESTA DIFICIL PARA TODOS”…
disse a pessoa, motivo da nossa investida…
quase chorei…
meu choro foi interno…
NA ALMA…ver um irmão ser tratado desta forma….DOI e MUITO….
O mal quer é exatamente isto…que pessoas do bem abandonem seus sonhos e que ele possa agir…FALAMOS ISTO PARA O MEDICO QUE PENSA EM ABANDONAR MEDICINA….
NÃO PODEMOS DEIXAR DE SONHAR E SOBRETUDO AGIR NA CONSTRUÇÃO DE UM MUNDO NOVO…
TOMAR ATITUDES EM FAVOR DA VIDA COMO BEM MAIOR
Quem vai tomar ATITUDES…AGIR em favor destas pessoas ??
Quem vai tomar para si suas dores e AGIR…TOMAR ATITUDES…
Eleições chegando…

 

HORA DE DEFINIÇÕES POLITICAS…E QUEM DE FATO TEM O “PODER” NAS MÃOS ??                                                                                                                                                                            O POVO QUE ESCOLHE…QUE ELEGE SEUS REPRESENTANTES…QUE DEVERIA FISCALIZAR SEUS ELEITOS….
FAZER CONTROLE SOCIAL…
TUDO AINDA É MUITO NOVO PARA NÓS PÓS DITADURA…MAS A FORÇA ESTA NO POVO…

art. 1º, da CF/88, “Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição”. O povo é soberano e a ele pertence o poder. Não vivemos numa monarquia absolutista, onde tudo pertence ao soberano e, por isso mesmo, sobre ele não poderá incidir qualquer responsabilidade. A forma institucional do nosso Estado é a República, palavra derivada do latim “res publicae“, no seu sentido originário de coisa pública, ou seja:

coisa do povo e para o povo, como bem proferiu Cícero.

O poder emana do povo! Alysson Oliveira de Almeida

Fomos informados que tem 13 pessoas esperando internação…
HOMENS NA SALA DE MULHERES POR FALTA DE ESPAÇO…
casos graves…
se chegar mais alguém será atendido nas cadeiras….corredores…
ACORDA PETRÓPOLIS…ACORDA MEU POVO….
O que fazer ?
Eleições chegando….tome para si as dores do próximo…e acima de tudo TOME ATITUDE…
FAÇA CONTROLE SOCIAL…
VALORIZE SEU VOTO….
PARTICIPE DEPOIS DAS ELEIÇÕES….NÃO PODEMOS CORRER RISCOS OUTRA VEZ..
E NOS DECEPCIONARMOS…DEIXAR A POPULAÇÃO SOFRENDO…
COMPLETAMENTE ABANDONADA…
ENTREGUE A SUA PRÓPRIA SORTE…

ANTONIO CARLOS DE SOUZA PIRES ( CAL / ANTONIO PIRES )

TITULAR DO CONSELHO DE SAÚDE DE PETRÓPOLIS,
RESPONSÁVEL TÉCNICO E PRESIDENTE DO GRUPO ASSISTENCIAL SOS VIDA,
SÓCIO FUNDADOR DA PASTORAL DA AIDS – CNBB
SECRETARIO GERAL DA REDLACVO+
 
TRIBUNA DE PETROPOLIS 07 DE JUNHO DE 2012
22 jun. 2012  Falta de leito em UTI de Petrópolis complica estado de saúde de aposentada. Três pessoas morreram em Petrópolis este ano aguardando  in360.globo.com/rj/noticias.php?id=26813
DENUNCIA MP
CONSELHO NACIONAL DE SAUDE

SAUDE EM PETROPOLIS

TRIBUNA DE PETROPOLIS 07 DE JUNHO DE 2012 –  SEM NEUROCIRURGIA MULHER MORRE NA UTI

https://grupososvida.wordpress.com/2012/06/07/sem-neurocirurgia-mulher-morre-na-uti-tribuna-de-petropolis-07-de-junho-de-2012/?preview=true&preview_id=5042&preview_nonce=ad2511bcae

ALCIDES CARNEIRO FICA LOTADO COM FECHAMENTO DE MATERNIDADE

https://grupososvida.wordpress.com/2012/07/05/alcides-carneiro-fica-lotado-com-fechamento-de-maternidade-de-petropolis/

Maternidade do HAC: pacientes até em cadeiras

http://tribunadepetropolis.imprensa.ws/2012/index.php?option=com_content&view=article&id=38008%3Amaternidade-do-hac-mantem-pacientes-ate-em-cadeiras&catid=59%3Acidade

http://tribunadepetropolis.imprensa.ws/2

Maternidade do HAC superlotada agrava situação

http://tribunadepetropolis.imprensa.ws/2…

https://www.facebook.com/sharer/sharer.php?u=http%3A%2F%2Ftribunadepetropolis.imprensa.ws%2F2012%2Findex.php%3Foption%3Dcom_content%26view%3Darticle%26id%3D37908%3Afechamento-de-maternidade-pode-agravar-superlotacao-no-hac%26catid%3D59%3Acidade&src=sp

Providência suspende Comsaúde

Providência suspende Comsaúde

http://tribunadepetropolis.imprensa.ws/2

https://www.facebook.com/sharer/sharer.php?u=http%3A%2F%2Ftribunadepetropolis.imprensa.ws%2F2012%2Findex.php%3Foption%3Dcom_content%26view%3Darticle%26id%3D37972%3Amedicos-da-providencia-suspendem-atendimento-ao-comsaude%26catid%3D59%3Acidade&src=sp

Maternidade da Casa Providência fechará na sexta

http://tribunadepetropolis.imprensa.ws/2…

https://www.facebook.com/sharer/sharer.php?u=http%3A%2F%2Ftribunadepetropolis.imprensa.ws%2F2012%2Findex.php%3Foption%3Dcom_content%26view%3Darticle%26id%3D37832%3A-maternidade-da-casa-providencia-vai-fechar-na-proxima-sexta-feira%26catid%3D59%3Acidade&src=sp

INTERTV

Falta de leito em UTI de Petrópolis complica estado de saúde de

22 jun. 2012  Falta de leito em UTI de Petrópolis complica estado de saúde de aposentada. Três pessoas morreram em Petrópolis este ano aguardando 

in360.globo.com/rj/noticias.php?id=26813

ALCIDES CARNEIRO FICA LOTADO COM FECHAMENTO DE MATERNIDADE EM PETROPOLIS

https://grupososvida.wordpress.com/2012/07/05/alcides-carneiro-fica-lotado-com-fechamento-de-maternidade-de-petropolis/?preview=true&preview_id=5202

DEFENSORA PUBLICA

https://www.facebook.com/video/video.php?v=293209794087899

http://in360.globo.com/rj/noticias.php?id=25626

DENUNCIA MP

https://grupososvida.wordpress.com/2011/03/02/denuncia-ao-ministerio-publico-conselho-de-saude-de-petropolis/

https://grupososvida.wordpress.com/2011/03/02/denuncias-ao-mp-conselho-de-saude-de-petropolis/

HOSPITAL CLINICO DE CORREAS

http://tribunadepetropolis.imprensa.ws/2012/index.php?option=com_content&view=article&id=39071&catid=69

Funcionários Hospital Clínico de Correas fazem manifestação em frente a unidade

http://in360.globo.com/rj/noticias.php?id=27563

Situação do Hospital Clínico de Corrêas é levada à Câmara Municipal

http://tribunadepetropolis.imprensa.ws/2012/index.php?option=com_content&view=article&id=39191&catid=73

http://www.e-tribuna.com.br/

Aposentada que precisava amputar dedo do pé morre após 44 dias de espera

QUARTA, 22 AGOSTO 2012 10:24

Nilza Carvalho Neto (C), filha da vítima, entre o filho e uma amiga: esta cidade tem um sistema de saúde que, infelizmente, não funciona./Foto: Marco Oddone.

Inconsoláveis, parentes da paciente Manoelina Maria da Conceição Carvalho, de 76 anos, acompanharam ontem o sepultamento da aposentada, que morreu depois de 44 dias esperando por uma cirurgia vascular pelo SUS. Parentes contam que Manoelina tinha diabetes e no dia 8 de julho esteve no Hospital Municipal Dr. Nelson de Sá Earp, para tratar um ferimento no pé. Naquele dia, os médicos verificaram que seria necessário a idosa amputar o dedo mínimo e ela foi internada. O hospital, no entanto, não tinha a infraestrutura necessária para fazer a cirurgia e a paciente só foi transferida para a Casa Providência 39 dias depois, com o quadro de saúde bastante agravado. Parentes estavam revoltados e pretendem acionar a Justiça contra a Fundação Municipal de Sáude.

“Não vamos deixar isso passar em branco, porque minha mãe foi tratada com descaso. Ela sentia dores 24h por dia, ficou internada por mais de um mês esperando pela vaga e piorando a cada dia. Quando a transferência foi feita o quadro dela já estava grave demais. Vamos procurar a Justiça e exigir o que tivermos direito, para tentar evitar que a situação se repita com outras pessoas”, desabafou Nilza Carvalho Neto, filha de Manoelina.

Depois de quase um mês à espera de transferência para um hospital com infraestrutura para fazer a cirurgia vascular, parentes da paciente procuraram a Defensoria Pública e ingressaram com uma ação na Justiça. Apesar de duas liminares judiciais – expedidas no dia 8 e no dia 13 de agosto – determinando prazos para a internação sob pena de multa, a transferência da paciente aconteceu somente no dia 16, quando, segundo parentes, o quadro já havia se agravado bastante. O descumprimento da ordem judicial chegou a ser registrado na Delegacia do Retiro (105ªDP).

“Minha mãe entrou no pronto-socorro andando, a médica examinou o pé dela e disse era preciso amputar um dedo. Ela foi internada ali, mas o hospital não fazia este procedimento. O quadro dela foi se agravando enquanto ela esperava pela vaga. Um tempo depois já eram dois dedos, depois três, da última vez que tive coragem de ajudar a trocar o curativo dela, a infecção já tinha tomado a sola do pé, que estava se desprendendo, uma coisa horrível. Minha mãe sentia muita dor, coitada, o tempo todo. Houve dias em que nem mesmo dipirona havia no hospital para dar a ela, nós é que tínhamos que levar o remédio. Um outra vez, ela já teve problema no pé, tratou e ficou boa. Eles demoraram demais para fazer a transferência. Quando ela chegou na Casa Providência o quadro já estava muito grave. Eles foram ótimos lá na Providência, se empenharam, mas não havia mais condições dela fazer a cirurgia, porque a infecção já havia se espalhado”, lamentou a filha, Nilza de Carvalho Neto.

A primeira liminar foi expedida no dia 8 deste mês pela titular da 4ª Vara Cível, Christianne Ferrari, e determinava que Manoelina fosse transferida em um prazo máximo de 72 horas para um hospital com infraestrutura adequada para o tratamento da idosa. Como o prazo não foi respeitado, parentes voltaram ao Fórum e comunicaram o descumprimento. O segundo mandado foi expedido dias depois e concedeu um prazo de 24 horas para que o município cumprisse a ordem, sob pena de multa diária de R$ 30 mil. “Minha sogra foi tratada com descaso total. Ela ficou um tempo enorme esperando pela vaga, com a situação se agravando a cada dia. Com todo aquele sofrimento, ainda precisamos acionar a Justiça para conseguir que ela fosse internada. Essa cidade tem um sistema de saúde pública que, infelizmente, não funciona, pelo menos pra ela não funcionou”, desabafou a nora, Rosane Carvalho durante o cortejo.

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde informou que “a transferência da paciente foi solicitada e foi feita a internação no Hospital Casa Providência, onde a paciente aguardava o procedimento indicado”. A assessoria não esclareceu, no entanto, o porquê da demora na transferência da paciente para a realização da cirurgia.

Jaqueline Ribeiro

Redação Tribuna

CNS

https://grupososvida.wordpress.com/2012/05/11/conselho-nacional-de-saude-solicita-ao-comsaude-petropolis-apuracao-de-denuncias/?preview=true&preview_id=4753&preview_nonce=2d29829e3e

Secretária de Saúde, Aparecida Barbosa é afastada do cargo

QUINTA, 23 AGOSTO 2012 19:44  http://www.e-tribuna.com.br
Print

A secretária de Saúde, Aparecida Barbosa, foi afastada do cargo, ontem, em cumprimento de decisão da juíza da 1ª Vara Cível, Claudia Wider, em ação cautelar movida pelo Ministério Publico Estadual. Com a secretária, que foi substituída pelo diretor do Hospital Municipal Nelson de Sá Earp, Ricardo Blanc, o MP havia pedido também o afastamento da diretora do Departamento de Contratos e Convênios, Vânia Werneck, cujo setor é ligado à Central de Regulação de Vagas, mas a juíza decidiu que ela apenas executava ordens de Aparecida.Antes de proferir a decisão, a juíza Cláudia Wider visitou ontem o setor de regulação da Secretaria de Saúde e conferiu a situação narrada pelo MP. “Explicita a inicial que os pacientes vêm enfrentando dificuldades desnecessárias, por desorganização dos responsáveis. Nesse diapasão, deve ser acolhido o requerimento ministerial, em sede liminar, no que se refere ao cargo da Secretaria de Saúde, diante do risco à vida de pessoas e à própria dificuldade de obtenção de documentos em caráter investigatório”, relata a juíza na decisão.

A ação proposta pelo MP se refere a falhas no atendimento da Central de Regulação de Vagas do Município. Apontado como precário, o serviço oferecido pelo município vem sendo alvo de investigações por parte do Ministério Público, tanto estadual quanto federal, que realizaram na última semana vistorias no setor para o qual são dirigidos os pedidos de internação, cirurgias e outros, considerados casos de urgência e emergência.

Segundo a titular da 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Núcleo Petrópolis, Vanessa Quadros Soares Katz, autora da ação que pediu o afastamento de Aparecida Barbosa e Vânia Werneck, foram feitas várias reuniões, nas quais a secretária de Saúde teria alegado que já estava implantando um eficiente sistema de regulação das internações . “No entanto, em diligências feitas em unidades de saúde e na Central existente, foi constatado que o sistema é precário e ineficaz”, informa a promotora na ação.

Segundo o MP, as investigações constataram que a Central de Leitos de Petrópolis “não se trata efetivamente de Central de Regulação, mas sim de mera central telefônica que registra, sem qualquer fidedignidade, os leitos hospitalares vagos e a fila de espera da internação”. As vistorias constataram ainda que não há médico regulador plantonista e que não é feita qualquer classificação de risco dos pacientes que aguardam internação, não havendo informações detalhadas sobre a gravidade do seu estado de saúde, além de o atendimento telefônico ser de responsabilidade de funcionários administrativos, feito através de uma única linha externa.

“Na vistoria realizada em 15 de agosto, feita com o auxílio dos médicos do Grupo de Apoio Técnico do Ministério Público, foi constatado que a fila de espera apenas indica o nome do paciente, a patologia e o tipo de leito de que este precisa, não sendo seguido qualquer protocolo de regulação. Esse procedimento acarreta graves riscos aos pacientes”, lamentou a promotora Vanessa Katz.

Governo alegou que já cumpria determinações

Na última terça-feira, dia 21, por intermédio da 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Petrópolis, os Ministérios Públicos Estadual e Federal (MPF) expediram uma recomendação ao prefeito Paulo Mustrangi, à secretária municipal de Saúde e à diretora do Departamento de Contratos e Convênios, para que implantassem, no prazo de 60 dias, a Central Municipal de Regulação de Internações Hospitalares e para que providenciassem, no máximo, em 48 horas, a presença de médico regulador na central telefônica de leitos que funciona atualmente no município.

Vinte e quatro horas depois da recomendação, no entanto, o governo municipal alegou, em nota, que as informações do Ministério Público não eram verdadeiras. De acordo com o governo municipal, “quem responde pela regulação da fila de leitos de urgência e emergência, conforme publicação em Diário Oficial do Município, n° 3253, de 12 de maio de 2009, é uma médica”.

Em outro trecho da nota, o governo informa que “quanto à regulação da fila de urgência e emergência, o critério de prioridade é a gravidade. Inclusive, o formulário para as solicitações de internações em UTI na central possibilita a classificação do maior risco, à exceção de mandados judiciais. Ainda assim, é válido ressaltar que mesmo dentro dos prazos estabelecidos nos mandados, devem ser observados os critérios de classificação de maior risco”.

De acordo com a promotora de Justiça, a medida de afastamento é preparatória de outras medidas judiciais que serão tomadas pelos Ministérios Públicos Estadual e Federal, já que a implantação de Centrais de Regulação é obrigação do gestor, e a omissão configura descumprimento de dever legal de ofício. “Além disso, prestar informações falsas ao Ministério Público configura deslealdade com as instituições, conduta passível de punição pela Lei de Improbidade Administrativa”.

Segundo a juíza Cláudia Wider, o pedido de afastamento das servidoras municipais foi acatado em parte, uma vez que “a diretora do Departamento de Contratos e Convênios cumpria apenas ordens”, por isso não foi expedido o seu desligamento. “Entendi que a secretária de Saúde tem total responsabilidade pela Central de Vagas. O Ministério da Saúde faz várias exigências sobre a regulação de vagas e foi identificado que o município não vem cumprindo essas observações”, disse. De acordo com a juíza, “é preciso lembrar que o município poderá recorrer da determinação, mas enquanto não há uma outra decisão, a Aparecida Barbosa não é mais secretária de Saúde do município”, ressaltou.

Janaína do Carmo

Redação Tribuna

Autor:

O Grupo Assistencial SOS VIDA nasceu legalmente em 28 de março de 1998 com o proposito de oferecer apoio e assistência a portadores do vírus HIV/AIDS. Após um ano, Padre Quinha pediu ao fundador que começasse a trabalhar também com Dependência Química. Passados dezesseis anos os atendimentos vão além destas duas patologias, a busca por diversos motivos fez com que a instituição abrisse o leque de atuação – Ir de Encontro com a Necessidade de Quem Nos Procura – que, em sua grande maioria, são pessoas de baixa renda. Os assistidos contam ainda, além dos atendimentos na sede da instituição, com o amparo de profissionais de saúde que atendem gratuitamente em seus consultórios e clínicas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s