O início do fim da aids – O MAL MAIOR CONTINUA SENDO O PRECONCEITO E DISCRIMINAÇÕES…

http://revistaepoca.globo.com/diagrama/noticia/2012/07/o-inicio-do-fim-da-aids.html

O início do fim da aids

A pílula capaz de prevenir a infecção pelo HIV e outras conquistas que justificam o otimismo na luta contra a doença

CRISTIANE SEGATTO (TEXTO), MARCO VERGOTTI, RODRIGO FORTES E GERARDO RODRIGUEZ (GRÁFICO)

Avanços notáveis na compreensão e no combate ao HIV sugerem que o mundo pode estar vivendo o início do fim da aids. É o que afirma um artigo publicado na semana passada no The New England Journal of Medicine.

Depois da primeira evidência de eficácia de uma vacina experimental, anunciada em 2009, surgiram outros indícios de que a doença pode se tornar controlável como nunca.

A agência americana que regula medicamentos (FDA) aprovou a primeira pílula capaz de evitar que pessoas saudáveis adquiram o vírus.

Nos estudos realizados, a redução no risco de infecção variou de 42% a 73%.

A pílula Truvada é composta de duas substâncias já usadas para tratar os doentes.

O governo brasileiro não pretende oferecê-la para uso geral por duas razões: o custo (cerca de R$ 20 mil por ano) e a convicção de que estimular o uso da camisinha é a forma mais inteligente de evitar a aids e outras doenças sexualmente transmissíveis.

Outra vitória contra a doença é a redução no número de mortes.

Segundo a Unaids, um braço da ONU, elas caíram 24% entre 2005 e 2011.

A razão é a ampliação do acesso ao tratamento.

VEJA OS GRAFICOS E OUTRAS INFORMAÇÕES NO SITE DA REVISTA EPOCA :
A LUTA CONTINUA…CONTRA O PRECONCEITO GERADO PELA FALTA DE INFORMAÇÕES…INFORMAR PARA PREVENIR E EDUCAR PARA CONVIVER….

Autor:

O Grupo Assistencial SOS VIDA nasceu legalmente em 28 de março de 1998 com o proposito de oferecer apoio e assistência a portadores do vírus HIV/AIDS. Após um ano, Padre Quinha pediu ao fundador que começasse a trabalhar também com Dependência Química. Passados dezesseis anos os atendimentos vão além destas duas patologias, a busca por diversos motivos fez com que a instituição abrisse o leque de atuação – Ir de Encontro com a Necessidade de Quem Nos Procura – que, em sua grande maioria, são pessoas de baixa renda. Os assistidos contam ainda, além dos atendimentos na sede da instituição, com o amparo de profissionais de saúde que atendem gratuitamente em seus consultórios e clínicas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s