PROJETO AGOSTO AZUL É ENTREGUE AO EMBAIXADOR TOVAR NUNES EM EVENTO NO RIO

Entregue no Rio nesta segunda-feira dia 28 de novembro o projeto a ser lançado pela REDLACVO+, Grupo Assistencial SOS VIDA nos paises membros da REDLACVO+ ( REDE LATINO AMERICANA E CARIBENHA DE AÇÕES VOLUNTARIAS NO COMBATE AO HIV/AIDS ).

Denominado AGOSTO AZUL, o projeto visa levar informações e formas de prevenção a varias doenças aos homens em especial dai o nome – AGOSTO AZUL ( agosto é o dia dos pais…),

a importancia do envolvimento de varios atores em uma unica ação em favor da vida…

e vida como bem maior…

nesta quinta-feira o Grupo Assistencial SOS VIDA e a REDLACVO+ estara conversando com a imprensa mais detalhadamente sôbre este projeto que sera desenvolvido em toda America Latina e Caribe.

O Embaixador Tovar Nunes que naquele momento representava a Presidenta Dilma, achou o projeto muito interessante, vindo de encontro com seu pensamento de valorizar a sempre participação social em todas as questões governamentais –

” DIPLOMACIA SO TEM SENTIDO COM A PARTICIPAÇÃO DA SOCIEDADE”…

valorizando assim a parceria entre o governo e a sociedade civil…

sera este pensamento dos membros em todos os governos ???

Tambem recebeu uma cópia do projeto o Relações Internacionais Henrique Krigner da HUMANITARE / ONU.

Na contra-mão da fala do Embaixador Tovar Nunes, o que observamos em Petropolis é :

UMA COMPLETA AUSENCIA DA PARTICIPAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL NA AÇÃO NO DIA 01 DE DEZEMBRO – DIA MUNDIAL DE LUTA CONTRA AIDS…

Em Petropolis tem :

COMISSÃO PERMANENTE DE AIDS – CONSELHO DE SAUDE,

FRENTE PARLAMENTAR DE AIDS,

SECRETARIA DA REDLACVO+ ( REDE LATINO AMERICANA E CARIBENHA DE AÇÕES VOLUNTARIAS NO COMBATE AO HIV/AIDS ),

SOCIO FUNDADOR DA PASTORAL DA AIDS,

GRUPO ASSISTENCIAL SOS VIDA,

PASTORAL DA AIDS – CNBB,

GRUPO NOBREZA…

nenhuma das instituições acima citadas foram convidadas a participar do evento ou organização do evento divulgado pelo Programa Municipal de DST/AIDS e Hepatites Virais…observem a fala do embaixador…

Autor:

O Grupo Assistencial SOS VIDA nasceu legalmente em 28 de março de 1998 com o proposito de oferecer apoio e assistência a portadores do vírus HIV/AIDS. Após um ano, Padre Quinha pediu ao fundador que começasse a trabalhar também com Dependência Química. Passados dezesseis anos os atendimentos vão além destas duas patologias, a busca por diversos motivos fez com que a instituição abrisse o leque de atuação – Ir de Encontro com a Necessidade de Quem Nos Procura – que, em sua grande maioria, são pessoas de baixa renda. Os assistidos contam ainda, além dos atendimentos na sede da instituição, com o amparo de profissionais de saúde que atendem gratuitamente em seus consultórios e clínicas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s