Grupo Assistencial SOS Vida recebe doação de R$ 1 mil – www.e-tribuna.com.br

Grupo Assistencial SOS Vida recebe doação de R$ 1 mil

Tribuna de Petrópolis

Quinta, 27 Outubro 2011 11:00

Print

 

O cheque era prêmio de um concurso realizado em evento de decoração. / Alexandre Carius

O Grupo Assistencial SOS Vida recebeu nessa semana uma doação no valor de R$ 1 mil da empresa Palmetal/Aleezia (especializada na fabricação e design de móveis em aço inox). A doação faz parte de concurso realizado pela empresa durante o evento de decoração de interiores – Morar Mais Rio 2011 – realizado no início de mês na Lagoa, no Rio de Janeiro. O sorteio dava direito a um pufe ou a um cheque no valor de mil Reais que deveria ser doado a uma instituição não governamental. Cerca de duas mil pessoas se inscreveram.
A petropolitana Renata Gelli de Araújo Moreira foi a sorteada e escolheu o SOS Vida para receber a quantia. “Todo ano eu visito a mostra de decoração e me interessei pelo sorteio que estava sendo oferecido pela empresa. Me inscrevi e acabei ganhando. Fiquei surpresa quando me ligaram. Quase não acreditei”, contou Renata, acrescentando que a escolha do Grupo Assistencial SOS Vida foi imediata. “Pensei logo neles, porque há anos eu os ajudo. Foi um prazer poder oferecer esta contribuição”.
O cheque foi entregue ao presidente do SOS Vida, Antônio Carlos de Souza Pires, pelo proprietário da Palmetal/Aleezia, Alexandre Nascimento. Para o presidente do SOS Vida, o dinheiro “foi um presente de Deus”.  “Este dinheiro não poderia chegar em melhor momento. Só temos que agradecer à Renata e à empresa”, agradeceu o presidente do SOS Vida.
O empresário Alexandre Nascimento também destacou a oportunidade de estar ajudando o Grupo Assistencial SOS Vida. “Nossa empresa sempre esteve ligada em ações sociais. Quando resolvemos realizar o sorteio do pufe, na hora pensamos em doar uma quantia também em dinheiro que deveria ser revertido para uma instituição. As pessoas que participaram do sorteio gostaram da iniciativa e foi muito bom poder ajudar”, frisou Alexandre. 

JANAÍNA DO CARMO
Redação Tribuna

Autor:

O Grupo Assistencial SOS VIDA nasceu legalmente em 28 de março de 1998 com o proposito de oferecer apoio e assistência a portadores do vírus HIV/AIDS. Após um ano, Padre Quinha pediu ao fundador que começasse a trabalhar também com Dependência Química. Passados dezesseis anos os atendimentos vão além destas duas patologias, a busca por diversos motivos fez com que a instituição abrisse o leque de atuação – Ir de Encontro com a Necessidade de Quem Nos Procura – que, em sua grande maioria, são pessoas de baixa renda. Os assistidos contam ainda, além dos atendimentos na sede da instituição, com o amparo de profissionais de saúde que atendem gratuitamente em seus consultórios e clínicas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s