CAPACITAÇÃO DE NOVOS AGENTES DA PASTORAL DA AIDS – CNBB – REGIONAL LESTE 1 ( RIO DE JANEIRO )

De 31 de setembro a 02/10/2012 aconteceu na cidade do Rio de Janeiro mais uma capacitação para novos agentes da Pastoral da AIDS – CNBB. Tivemos a presença das seguintes dioceses e arquidioceses:

Rio de Janeiro,

Niterói,

Petrópolis,

Nova Friburgo,

Caxias e Nova Iguaçu,

São João de Meriti,

Momentos bastante enriquecedores e de grande contribuição para nossa formação humana, política, cristã.

Ana Carolina conduziu toda a capacitação com a colaboração de:

Ricardo – enfermeiro e coordenador da Pastoral da AIDS / arquidiocese de Niterói,

Antonio Carlos (Cal) – psicólogo, sócio fundador da Pastoral da AIDS – CNBB, assessor da Pastoral da AIDS – CNBB / arquidiocese do Rio e Regional leste 1, secretario geral da REDLACVO+ e presidente do Grupo Assistencial SOS VIDA,

Ricardo contribuiu em vários momentos, dentre eles informações técnicas sobre o vírus HIV e AIDS, as formas de transmissão e como conviver com os já infectados, dentro da visão da Igreja. Muitas perguntas e participação dos novos agentes.

Cal deu sua contribuição com informações sobre INCIDÊNCIA POLITICA e CONTROLE SOCIAL, alem de intervenções em momentos que fora solicitado, em sua fala sempre provocando os participantes a refletirem sua postura política e cidadã.

Ana Carolina fez um resgate da historia da Pastoral da AIDS – CNBB ate os dias atuais, como sempre com sua humildade, FIRMEZA materna e sabedoria…

Muitas perguntas e esclarecimentos, jovens da arquidiocese de Niterói deram sua leveza e alegria ao encontro, com muitas perguntas e vontade de agir… em todos os momentos,

Padre Edio contribuiu com sua formação religiosa e vivência com muita alegria e leveza em suas colocações, sem deixar de ser um seguidor de Cristo e preocupado com sua missão de contribuir com um mundo de fato melhor…

Vários os momentos de maturidade deste grupo,

Alex – de Macaé graças a sua experiência em ser assessor parlamentar por vários mandatos de vereadores em Macaé, já lançou um desafio – que cada um voltando as suas bases motive a criação de FRENTES PARLAMENTARES e COMISSÕES PERMANENTES DE AIDS, a exemplo de tantas outras cidades, dentre elas Petrópolis já que tem implantada.

Dora Pires foi muito citada pela sua atuação a frente do Conselho de Saúde de Petrópolis como presidente, sendo a primeira vez que a sociedade civil assume este importante cargo E UMA MULHER – coordenadora da Pastoral da AIDS – CNBB / diocese de Petrópolis, neste espaço representando também a Mitra diocesana.

Toda formação política da Dora Pires foi através da sua contribuição como voluntaria e diretora do Grupo Assistencial SOS VIDA e depois coordenadora da Pastoral da AIDS – CNBB nesta diocese, sua trajetória foi muito lembrada em vários momentos, citada por Ana Carolina como exemplo a ser seguido. Pois mesmo com inúmeras ameaças e situações difíceis, NUNCA DESSISTIU, buscando apoio em Dom Alano – nosso Bispo referencial para as questões da AIDS no Regional leste 1, Monsenhor Paulo Daher, Dom Filippo, Dom Antonio Augusto, Padre Já, Ana Carolina e seu irmão Antonio Carlos(Cal).

Momentos também importantes alem das informações técnicas, foram os de espiritualidade conduzidos pelas participantes, sendo oportunidade de fortalecimento espiritual.

Cal lembrou nossa companheira Vanda que era presidente do Fórum de ONG AIDS do Espírito Santo e agente da Pastoral da AIDS – CNBB de Cachoeiro do Itapemirim, que em missão, após sofrer um acidente, morreu e Irmã Helena da instituição Bem me Quer de São Paulo, que também morreu em virtude de um câncer, sua luta por mais de um ano.

Autor:

O Grupo Assistencial SOS VIDA nasceu legalmente em 28 de março de 1998 com o proposito de oferecer apoio e assistência a portadores do vírus HIV/AIDS. Após um ano, Padre Quinha pediu ao fundador que começasse a trabalhar também com Dependência Química. Passados dezesseis anos os atendimentos vão além destas duas patologias, a busca por diversos motivos fez com que a instituição abrisse o leque de atuação – Ir de Encontro com a Necessidade de Quem Nos Procura – que, em sua grande maioria, são pessoas de baixa renda. Os assistidos contam ainda, além dos atendimentos na sede da instituição, com o amparo de profissionais de saúde que atendem gratuitamente em seus consultórios e clínicas.

Um comentário em “CAPACITAÇÃO DE NOVOS AGENTES DA PASTORAL DA AIDS – CNBB – REGIONAL LESTE 1 ( RIO DE JANEIRO )

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s