Assembleia Mundial de Saúde termina com adoção de novos planos e estratégias

http://static.addtoany.com/menu/sm3.html#page;https://grupososvida.wordpress.com/wp-admin/post-new.php

Assembleia Mundial de Saúde termina com adoção de novos planos e estratégias

24 de maio de 2011 · Notícias

Share

Foi encerrada nesta terça-feira (24/05) a 64ª Assembleia Mundial da Saúde (AMS), em que representantes dos Estados-Membros da Organização Mundial de Saúde (OMS), de organizações não-governamentais e da sociedade civil estiveram reunidos durante oito dias em Genebra (Suíça) para elaborar resoluções e decisões que vão guiar o trabalho da Organização para atender às questões prioritárias da saúde mundial.

Entre as propostas aprovadas pelos Estados-Membros estão cinco resoluções para melhorar os sistemas de saúde em todo o mundo, permitindo progressos na prevenção e no controle de doenças não transmissíveis e no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). As resoluções incluem estratégias para fortalecer as áreas de enfermagem e obstetrícia, ações para melhorar a força de trabalho e esforços para aprimorar o diálogo político nacional, para que possam ser construídas políticas, estratégias e planos mais robustos.

Além disso, outras duas resoluções incentivam estruturas de financiamento sustentável da saúde, a cobertura universal de cuidados e serviços, bem como o fortalecimento da emergência de saúde nacional e as capacidades de resiliência e de administração de desastres dos sistemas de saúde.

Em relação ao HIV/AIDS, a ASM adotou uma nova e abrangente estratégia para combater o vírus. Intitulada Estratégia Global do Setor da Saúde para o HIV/AIDS 2011-2015, delineará ações para que a OMS e países em todo o mundo desenvolvam uma resposta efetiva ao HIV. A previsão é de que a implementação das recomendações sugeridas possa evitar ao menos 4,2 milhões de novas infecções e poupar 2 milhões de vidas. Com isto, a OMS procura promover inovações na prevenção, diagnóstico e tratamento, para que todos os países possam ter acesso a serviços de combate e prevenção ao HIV.

Autor:

O Grupo Assistencial SOS VIDA nasceu legalmente em 28 de março de 1998 com o proposito de oferecer apoio e assistência a portadores do vírus HIV/AIDS. Após um ano, Padre Quinha pediu ao fundador que começasse a trabalhar também com Dependência Química. Passados dezesseis anos os atendimentos vão além destas duas patologias, a busca por diversos motivos fez com que a instituição abrisse o leque de atuação – Ir de Encontro com a Necessidade de Quem Nos Procura – que, em sua grande maioria, são pessoas de baixa renda. Os assistidos contam ainda, além dos atendimentos na sede da instituição, com o amparo de profissionais de saúde que atendem gratuitamente em seus consultórios e clínicas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s