Frente Parlamentar Nacional em HIV/Aids e outras DST será relançada no dia 26 de abril, informa Agência Câmara

Frente Parlamentar Nacional em HIV/Aids e outras DST será relançada no dia 26 de abril, informa Agência Câmara

15/04/2011 – 17h10

Com 192 parlamentares envolvidos, será relançada no próximo dia 26 de abril, às 10 horas, no Plenário 7  da Câmara dos Deputados, a Frente Parlamentar Nacional em HIV/Aids e outras DST. A Frente tem como missão a redução da incidência do HIV/aids, da vulnerabilidade da população brasileira a esses agravos e do estigma e discriminação, bem como a inclusão social e a melhora da qualidade de vida das pessoas vivendo com HIV/aids.
Os parlamentares envolvidos levarão adiante o trabalho desenvolvido pelo Congresso Nacional, desde 2001, no enfrentamento da epidemia. Quem preside a Frente é o deputado Chico D’Ângelo (PT/RJ), sendo vice-presidente o senador Paulo Paim (PT-RS).

A história da Frente Parlamentar em HIV/Aids e outras DST inicia-se em 30 de outubro de 2001, com a adesão de 20 parlamentares, seguida da sua rearticulação em 16 de setembro de 2003, com a adesão de 57 parlamentares. A liderança da deputada Telma de Souza (PT/SP), de 2003 a 2006, possibilitou inúmeras conquistas junto ao movimento de luta contra a aids.

Depois de 2007, lideraram a frente o Deputado Chico D’Ângelo (PT/RJ), como presidente, e o deputado Paulo Teixeira (PT/SP), na secretaria. Com a nova legislatura em 2011, foi necessária uma nova articulação para sua recomposição.

A Frente Parlamentar Nacional em HIV/Aids e outras DST tem caráter suprapartidário e busca a integração entre os poderes Executivo e Legislativo, a fim de solidificar a parceria entre o movimento social organizado, as Organizações Não Governamentais (ONG), os órgãos governamentais e o parlamento. A ideia é aglutinar forças para o enfrentamento do HIV/aids e outras DST, seja em relação à prevenção e assistência, como aos direitos humanos das pessoas vivendo com HIV/aids. Pautada pela ética e respeito à cidadania, aos direitos humanos e aos princípios do SUS, a Frente contribui para a resposta brasileira à epidemia.

Fonte: Agência Câmara

http://www.agenciaaids.com.br/site/noticia.asp?id=17070

Autor:

O Grupo Assistencial SOS VIDA nasceu legalmente em 28 de março de 1998 com o proposito de oferecer apoio e assistência a portadores do vírus HIV/AIDS. Após um ano, Padre Quinha pediu ao fundador que começasse a trabalhar também com Dependência Química. Passados dezesseis anos os atendimentos vão além destas duas patologias, a busca por diversos motivos fez com que a instituição abrisse o leque de atuação – Ir de Encontro com a Necessidade de Quem Nos Procura – que, em sua grande maioria, são pessoas de baixa renda. Os assistidos contam ainda, além dos atendimentos na sede da instituição, com o amparo de profissionais de saúde que atendem gratuitamente em seus consultórios e clínicas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s