Diretoria do HMNSE empossa membros da primeira Cipa – TEM GENTE TENTANDO TRABALHAR SERIO NESTE GOVERNO…

Diretoria do HMNSE empossa membros da primeira Cipa

Sex, 15 de Abril de 2011 12:32

A diretoria do hospital posa pra foto com os membros da primeira Cipa do HMNSE. A diretoria do Hospital Municipal Nelson Sá Earp (HMNSE), por determinação do prefeito Paulo Mustrangi e da secretária de Saúde, Aparecida Barbosa, empossou na quinta-feira (14) os 12 membros da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa), que pela primeira vez, nos 43 anos de história da unidade hospitalar, passa a contar com o instrumento voltado para a segurança e o bem estar dos servidores. Dos 12 membros (todos funcionários), seis foram indicados pela direção do hospital e os demais foram eleitos pelos próprios servidores. Uma das primeiras deliberações da Cipa será identificar os grau de periculosidade dentro do processo de trabalho e elaborar o mapa de risco, com a participação do maior número de trabalhadores e com apoio da diretoria. “Era nossa obrigação instalar a Cipa dentro do HMNSE. Pela primeira vez na história deste hospital a comissão foi empossada. Tenho certeza que o trabalho desenvolvido por toda equipe será primoroso e de muita responsabilidade. Quero agradecer aos servidores que participaram do processo seletivo e dizer que toda a diretoria estará ao lado do grupo para oferecer todo suporte necessário para que as ações da Cipa atendam aos trabalhadores desta unidade hospitalar”, disse Marcus Curvelo, diretor geral do HMNSE. Como funciona uma CIPA A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) é um instrumento que os trabalhadores dispõem para tratar da prevenção de acidentes do trabalho, das condições do ambiente do trabalho e de todos os aspectos que afetam sua saúde e segurança. A Cipa é regulamentada pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) nos artigos 162 a 165 e pela Norma Regulamentadora 5 (NR-5), contida na portaria 3.214 de 08.06.78 baixada pelo Ministério do Trabalho. O objetivo básico da Cipa é fazer com que empregadores e empregados trabalhem conjuntamente na tarefa de prevenir acidentes e melhorar a qualidade do ambiente de trabalho, de modo a tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador.

Autor:

O Grupo Assistencial SOS VIDA nasceu legalmente em 28 de março de 1998 com o proposito de oferecer apoio e assistência a portadores do vírus HIV/AIDS. Após um ano, Padre Quinha pediu ao fundador que começasse a trabalhar também com Dependência Química. Passados dezesseis anos os atendimentos vão além destas duas patologias, a busca por diversos motivos fez com que a instituição abrisse o leque de atuação – Ir de Encontro com a Necessidade de Quem Nos Procura – que, em sua grande maioria, são pessoas de baixa renda. Os assistidos contam ainda, além dos atendimentos na sede da instituição, com o amparo de profissionais de saúde que atendem gratuitamente em seus consultórios e clínicas.

2 comentários em “Diretoria do HMNSE empossa membros da primeira Cipa – TEM GENTE TENTANDO TRABALHAR SERIO NESTE GOVERNO…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s