Bill Clinton faz palestra de 45 minutos e pede que Brasil lidere o mundo

Bill Clinton faz palestra de 45 minutos e pede que Brasil lidere o mundo

O democrata, que estava na Nigéria no dia anterior, foi aplaudido de pé pelas 700 pessoas da platéia quando terminou sua palestra: Humanismo e Sustentabilidade.

Manaus – “O mundo precisa de vocês!” Foram com essas palavras que Bill Clinton, 42º presidente dos Estados Unidos e fundador da William J. Clinton Foundation, terminou sua palestra no fim da tarde deste sábado (26), no 2º Fórum Mundial de Sustentabilidade, realizado no Tropical Hotel, em Manaus.

O democrata, que estava na Nigéria no dia anterior, foi aplaudido de pé pelas 700 pessoas da platéia quando terminou sua palestra de 45 minutos com o tema “Humanismo e Sustentabilidade”. Clinton, que governou no período economicamente mais forte dos Estados Unidos (1993-2001), parabenizou o Brasil pela ajuda ao povo do Haiti, e pelo eficiente trabalho no desenvolvimento do etanol.

“Vocês sabem que o etanol de vocês é mais eficiente, sabem que 90% dos veículos de vocês serão ecologicamente corretos”, comentou. O ex-presidente ainda disse que aposta no Brasil. “Eu acredito e quero que vocês liderem o mundo no quesito econômico e ecológico”.

Bill Clinton comentou que poucas pessoas acreditam de verdade que é possível reduzir emissões de carbono e progredir economicamente. Para ele, só quatro países conseguirão efetivar o Tratado de Copenhague, assinado em 2009. “Os únicos países que vão conseguir cumprir o Compenhague são a Alemanha, o Reino Unido, a Suécia e o Brasil”, disse.

Conhecido por suas causas humanitárias através de sua Fundação, o político defende a ideia de que para evoluir sustentavelmente é preciso superar desafios e ser ousado. “Os políticos geralmente só querem saber o que é pra fazer e quanto custa. É muito fácil superar a crise energética construindo uma hidrelétrica ou uma usina nuclear. Mas a real eficiência é aquela que procura alternativas boas a longo prazo e para todos, e isso dá mais trabalho”.

Assim como o cineasta James Cameron, Clinton comentou a falta de exploração de enérgia eólica e painéis solares. “O Brasil não está nem perto de usar toda a sua capacidade de energia solar e eólica. Se vocês tem que construir alguma coisa sobre a água, por que não uma estrutura para ventiladores eólicos? “, indagou.

Ao longo de seu discurso, Clinton também falou sobre sua Fundação, sobre as epidemias nos países pobres, e como os líderes mundiais e empresários podem ajudar a erradicar essa situação.

O ex-presidente terminou sua palestra com um desafio para os brasileiros. “Eu não sei como vocês vão resolver os seus problemas. Vocês querem preservar a floresta, precisam de mais energia, ela tem que ser limpa, e o mundo precisa de vocês. Porque o oxigênio que não sai do mar, sai da floresta de vocês. E isso vocês não vão conseguir sozinhos. Precisam convencer os outros países a participar também.”

Segurança

A segurança para a entrada de Bill Clinton foi bastante reforçada. As entradas de acesso ao auditório foram fechadas às 14h30, e ninguém podia sair ou entrar. Somente às 15h45, quando o ex-presidente entrou, que as entradas foram liberadas.

Muitos empresários, convidados e jornalistas foram pegos de surpresa quando tentaram sair para beber água, ou ir ao banheiro. Todos foram barrados pelos seguranças.

Falha do evento

Os rádios transmissores que estavam fornecendo a tradução simultânea para a platéia falhou várias vezes durante toda a apresentação nos três dias do evento. O público não fluente em inglês foi bastante prejudicado. O problema incomodou tanto no segundo dia, que o empresário João Dória Júnior se desculpou pelo problema.

Sobre a fundação

Após deixar a presidência em 2001, Clinton criou a Fundação da William J. Clinton. Hoje, a Fundação tem funcionários e voluntários ao redor do mundo trabalhando para melhorar a vida das pessoas, através de várias iniciativas, incluindo a Clinton HIV/AIDS Initiative (agora Clinton Health Access Initiative, uma organização independente sem fins lucrativos), que está ajudando 2 milhões de pessoas com HIV a terem acesso a medicamentos.

Outras iniciativas – incluindo a Clinton Climate Initiative, Clinton Hunter Development Initiative e a Clinton Giustra Sustainable Growth Initiative – estão aplicando uma abordagem de negócios para combater as mudanças climáticas e desenvolver o crescimento econômico sustentável na África e América Latina.

Autor:

O Grupo Assistencial SOS VIDA nasceu legalmente em 28 de março de 1998 com o proposito de oferecer apoio e assistência a portadores do vírus HIV/AIDS. Após um ano, Padre Quinha pediu ao fundador que começasse a trabalhar também com Dependência Química. Passados dezesseis anos os atendimentos vão além destas duas patologias, a busca por diversos motivos fez com que a instituição abrisse o leque de atuação – Ir de Encontro com a Necessidade de Quem Nos Procura – que, em sua grande maioria, são pessoas de baixa renda. Os assistidos contam ainda, além dos atendimentos na sede da instituição, com o amparo de profissionais de saúde que atendem gratuitamente em seus consultórios e clínicas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s