SOS VIDA – NOSSA HISTORIA

SOS VIDA –  NOSSA HISTORIA 

COMO SER VOLUNTARIO

Você poderá ser voluntário com seu carro, indo buscar doações de frutas e legumes na Feira  ou outras doações, etc

Você que define como pode ser voluntário, entre em contato com nossa Diretoria de Desenvolvimento Social

CAMPANHA PADRINHOS E MADRINHAS DO SOS VIDA – NÃO DEIXE CALAR ESSA VOZ – AJUDE-NOS A AJUDAR.

DOAÇÕES : Banco do Brasil – agencia 0080-9 conta corrente : 15876-3

DOAÇÕES DE ALIMENTOS NÃO PERECIVEIS OU ROUPAS, EM NOSSA SEDE OU NA CAIXA COLETORA DO ABC BARATEIRO DO ALTO DA SERRA.

NOSSA SEDE – RUA FREI LUIZ 40 – CENTRO – PETROPOLIS – RJ  CEP 25.685 – 020

e-mail sosvidapet@gmail.com

EDITORIAL

            Observando nossa própria historia clínica, surgiu o Projeto do GRUPO ASSISTENCIAL SOS VIDA,  se temos às vezes necessidade de consultar médicos de diversas especialidades por que não oferecer aos menos favorecidos o mesmo serviço? Comecei então a conversar com amigos(as) médicos(as) que se sensibilizaram com a causa do HIV / AIDS e colocaram a disposição do SOS VIDA horários para atendimento em seus consultórios, assim surgiu o BANCO DE HORAS DE MEDICINA DO SOS VIDA.

Se descobrir portador do HIV a tempos atrás era como receber junto o atestado de óbito, os recursos eram poucos, a “sobrevida” pequena as dificuldades viriam. Apesar do avanço da ciência ainda nos comportamos assim, ainda é dolorido receber este resultado e nada melhor para este momento do que poder contar com apoio de pessoas preparadas para cuidar do nosso emocional, surgiu então a parceria com Psicólogos(as) que começaram a atender em seus consultórios e na sede da Instituição, buscamos parceria com a UCP (UNIVERSIDADE CATOLICA DE PETROPOLIS) e conseguimos estagiários do Curso de Psicologia.

Como são famílias em alguns casos abaixo da linha da pobreza também foi preciso pensar na sua alimentação, começamos a distribuir cestas básicas e hoje conseguimos atender a 100 famílias graças a doações da comunidade e parceria com a Pastoral Nacional da AIDS. Assim começou a caminhar o SOS VIDA, diversos serviços foram criados, sempre visando qualidade de vida para o portador do HIV / AIDS, buscamos oferecer dignidade.

A pedido do Padre Quinha começamos a trabalhar também com Dependência Química, atualmente temos também uma parceria com o JECRIN (Juizado Especial Criminal) que encaminha pessoas que cometeram pequenos delitos ou uso de drogas e usando como penas alternativas serviço comunitário, passamos  a receber estes encaminhamentos e alem do serviço voluntário na Instituição também oferecemos tratamento  psicológico.

Depois de 25 Anos sem estudar resolvi voltar para a Faculdade e cursar Psicologia, para assim estar mais capacitado a atender principalmente aos portadores do HIV / AIDS e Dependentes Químicos.

Pensamos em oferecer mais que cestas básicas, seria preciso pensar em profissionalização uma vez que muitos ainda são demitidos de seus empregos ao saberem ser portadores(as) do HIV, buscamos apoio do Programa Nacional de Aids – MS e conseguimos equipamentos para uma Confecção.

Através da Pastoral Nacional da AIDS e de um empresário de nossa cidade conseguimos equipamento e matéria prima para fabricação de Fraldas Descartáveis a serem distribuídas para nossos assistidos que delas precisem e comercializar parte da produção ; também com a Pastoral da AIDS conseguimos material e equipamentos para uma Escola de Artesanato.   

            O mal maior continua sendo o PRECONCEITO, e lutar contra ele é preciso, alem do apoio psicológico é preciso orientação de um Advogado(a), buscamos também essa parceria, são varias as questões que estes profissionais podem orientar nossos assistidos e ver o melhor caminho a seguir.  

Dentre os vários relatos, conhecemos a historia de um executivo que passou por discriminações que chamamos de “discriminações maquiadas” como por exemplo – ser demitido por excesso de eficiência, sendo aplaudido no momento em que o desligaram da empresa, ele sabia que não seria a ultima vez como também não foi a primeira, outras situações iguais poderiam vir e enfrentar era preciso.

Antes de iniciar os trabalhos em momentos de reflexão e oração, pedimos a Deus força e entendimento para enfrentar o que viesse e  junto com a Diretoria que se formava não nos deixar vencer pelas prováveis discriminações e sim ajudar a Vencer preconceitos e exclusões, nos fortalecendo e fortalecendo nossos iguais,“demos a cara para bater”, era chegado o momento não era possível esperar mais.

Surgiu também a Pastoral da AIDS que fui um dos fundadores em nosso Pais, era a nossa Igreja Católica abraçando a causa da AIDS, mais um desafio, levar o HIV / AIDS para ser discutido também nas Igrejas.

Em nosso Município nunca se falou com tanta clareza sobre este mal que a tantos assusta ,

(aqui agradecemos principalmente a imprensa em nossa cidade – TRIBUNA DE PETROPOLIS, DIARIO DE PETROPOLIS, JORNAL DE CASCATINHA, INTER TV – SERRAMAR, TV CIDADE IMPERIAL, TV ADONAI, RADIO IMPERIAL ETC) é preciso de forma natural aceitar o portador(a) do HIV / AIDS não como uma ameaça, mas um irmão(ã) que esta passando por um momento de necessidade e apoio, “não queremos ser coitadinhos – não somos vitimas”, assim muitos se colocam.

INFORMAR PARA PREVENIR E EDUCAR PARA CONVIVER – queremos oferecer dignidade e essa passou a ser nossa luta.

            Antonio Carlos de Souza Pires – (Presidente de Honra e Coordenador Geral)

 

Autor:

O Grupo Assistencial SOS VIDA nasceu legalmente em 28 de março de 1998 com o proposito de oferecer apoio e assistência a portadores do vírus HIV/AIDS. Após um ano, Padre Quinha pediu ao fundador que começasse a trabalhar também com Dependência Química. Passados dezesseis anos os atendimentos vão além destas duas patologias, a busca por diversos motivos fez com que a instituição abrisse o leque de atuação – Ir de Encontro com a Necessidade de Quem Nos Procura – que, em sua grande maioria, são pessoas de baixa renda. Os assistidos contam ainda, além dos atendimentos na sede da instituição, com o amparo de profissionais de saúde que atendem gratuitamente em seus consultórios e clínicas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s