Fórum de ONG/Aids de São Paulo vai entrar com representação no Ministério Público Federal para saber motivo do desabastecimento do atazanavir 300mg – http://www.agenciaaids.com.br/site/

 

Fórum de ONG/Aids de São Paulo vai entrar com representação no Ministério Público Federal para saber motivo do desabastecimento do atazanavir 300mg
18/03/2011 – 13h50

O inquérito do Ministério Público Federal indicará se cabe ou não ação civil pública contra o Estado. A representação será feita na próxima semana e não há prazo para a conclusão dos trabalhos.

Cláudio orienta que os usuários formalizem reclamações quando não conseguirem retirar o remédio. Segundo ele, isso pode ser feito anexando à receita médica uma declaração de próprio punho, assinada, com dados pessoais e as informações de que a pessoa precisa do medicamento e não o recebeu. “A ação é importante para produzir provas”, declara. O documento pode ser encaminhado ao próprio Fórum.

Cobrança ao Ministério da Saúde

O Fórum de ONG/Aids do Estado de São Paulo também vai cobrar explicações do Ministério da Saúde por meio de um documento assinado por Fóruns de vários Estados. “Precisamos de uma solução rápida”, afirma o presidente da entidade paulista, Rodrigo Pinheiro.

De acordo com o Departamento de Aids, o primeiro lote com 4,95 milhões comprimidos de Atazanavir 300mg chegou na tarde desta quinta-feira a Brasília, de onde será enviado aos estoques dos Estados entre os dias 22 e 25 de março. “Todos os Estados estão cientes e mobilizados para agilizar o envio dos medicamentos as 700 Unidades Dispensadoras de Medicamentos (UDM)”, dia a nota enviada à imprensa.

Ainda segundo o órgão, não houve desabastecimento da Didanosina 400mg e do Saquinavir 200mg, mas uma recomendação de remanejamento local dos estoques e da programação de distribuição para que não houvesse descontinuidade no tratamento.

Serviço

Fórum de ONG/Aids do Estado de São Paulo

Endereço: Av. São João, 324, 7º andar, sala 701 – São Paulo/SP

Telefone: (11) 3334-0704

E-mail: forumongsp@forumaidssp.org.br
Fábio Serrato

 http://www.agenciaaids.com.br/site/

Autor:

O Grupo Assistencial SOS VIDA nasceu legalmente em 28 de março de 1998 com o proposito de oferecer apoio e assistência a portadores do vírus HIV/AIDS. Após um ano, Padre Quinha pediu ao fundador que começasse a trabalhar também com Dependência Química. Passados dezesseis anos os atendimentos vão além destas duas patologias, a busca por diversos motivos fez com que a instituição abrisse o leque de atuação – Ir de Encontro com a Necessidade de Quem Nos Procura – que, em sua grande maioria, são pessoas de baixa renda. Os assistidos contam ainda, além dos atendimentos na sede da instituição, com o amparo de profissionais de saúde que atendem gratuitamente em seus consultórios e clínicas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s